Artigos Recentes

Um Grupo Acusado de Fornecer Serviços de Televisão Ilegítimos em Santa Maria da Feira foi Absolvido

Um-Grupo-Acusado-de-Fornecer-Serviços-de-Televisão-Ilegítimos-em-Santa-Maria-da-Feira-foi-Absolvido

O Tribunal de Santa Maria da Feira absolveu na quinta-feira, dia 4 de julho, por falta de provas, um grupo de sete homens acusados de participar num esquema de fornecimento ilegal de serviços de televisão a mais de 100 utilizadores.

O sistema para os delitos passaria por manipular as boxes de TV por cabo e, de seguida, vendê-las aos clientes por valores iguais ou superiores a 100 euros.

O-Bloco-de-Esquerda-Exige-Uma-Fiscalização-à-Junta-da-Feira-na-Sequência-de-Um-Acidente-Grave-com-Um-Funcionário-controlo-remoto

A acusação do Ministério Público defende que os suspeitos teriam levado a cabo a sua atividade de 2014 a 2017. Forneceriam sinais pirateados de operadoras legais a preços inferiores aos praticados no mercado em Portugal.

Depois de comprar a box, os utilizadores poderiam aceder, através de um portal online com o servidor na Holanda, aos dados de um cartão legítimo que lhes possibilitaria desfrutar de uma multitude de canais de televisão, incluindo alguns codificados. A este sistema chama-se cardhsharing.

O grupo cobraria um valor mensal de 15 euros aos clientes em Portugal, e de 50 euros aos utilizadores a residir noutros países.

O-Bloco-de-Esquerda-Exige-Uma-Fiscalização-à-Junta-da-Feira-na-Sequência-de-Um-Acidente-Grave-com-Um-Funcionário-algemas

Ao ler o acórdão, o juiz enfatizou que haviam sido reunidos apenas indícios de atividade ilícita, e que o facto é que nem uma única box foi apreendida como prova das suspeitas intervenções de adulteração nos equipamentos.

Os arguidos estavam acusados dos crimes de burla informática e acesso ilegítimo. Tinham idades compreendidas entre os 42 e os 71 anos.

No final da sessão, o advogado Miguel Fonseca, que representou um dos supostos elementos do grupo, declarou que o resultado foi previsível. Disse acreditar que o processo estava morto desde o início e que foi arrastado desde novembro do ano passado até julho deste ano por insistência injustificada do Ministério Público.

Aurea Chega a Santa Maria da Feira em Outubro com o Álbum Confessions

Aurea-Chega-a-Santa-Maria-da-Feira-em-Outubro-com-o-Álbum-Confessions

No sábado, dia 12 de outubro de 2019, pelas 21h30, a artista nacional Aurea tem encontro marcado com os fãs no Cineteatro António Lamoso, em Santa Maria da Feira. O concertolançará o foco nas histórias e nos sons do seu quarto e mais recente álbum de estúdio, Confessions.

Desde o lançamento do seu disco de estreia em 2010, Aurea tem vindo a construir uma das carreiras mais bem-sucedidas do panorama atual da música em Portugal. A paixão da artista pela música soul é bem patente em todos os seus trabalhos.

Daí serem muitos os seus seguidores, e os apreciadores de música em geral, que têm vindo a considerar Aurea como a voz portuguesa do soul.

Cada faixa do álbum Confessions, lançado em 2018, é como uma história secreta contada através do formato poderoso de uma canção. O resultado final é uma catarse profundamente pessoal da cantora, a qual ela convida os ouvintes a explorar.

No fundo, Confessions é um retrato dos sentimentos que preenchem a vida de Aurea. É muito provavelmente a obra mais intimista e autobiográfica da sua carreira até agora. Afinal, foi essa a aventura na qual Aurea se propôs lançar ao idealizar o conceito para o disco.

O single de apresentação de Confessions, DoneWithYou, foi escrito por Carolina Deslandes, outro peso pesado da música portuguesa dos nossos dias. Para o projeto, Aurea contou, de novo, com a colaboração de Rui Ribeiro. O músico é um parceiro habitual da cantora. A parelha é responsável por escrever uma grande parte do reportório de Aurea.

A 12 de outubro, os fãs da artista poderão identificar-se de forma ainda mais humana com as experiências descritas nas suas canções. Os bilhetes para o concerto em Santa Maria da Feira estão à venda.

O PSD Ganha, Mais Uma Vez, as Eleições Intercalares para a Junta de Freguesia de Argoncilhe

O-PSD-Ganha,-Mais-Uma-Vez,-as-Eleições-Intercalares-para-a-Junta-de-Freguesia-de-Argoncilhe

O Partido SocialDemocrata voltou a ganhar as eleições intercalares para a Junta de Freguesia de Argoncilhe, no concelho de Santa de Maria da Feira. Em fevereiro deste ano, a Assembleia de Freguesia foi destituída como forma de protesto contra a gestão do PSD, mais especificamente, contra os seus pagamentos sem comprovativo legal.

Num processo eleitoral que registou 49,9% de abstenção, o PSD ficou afastado do PS, em segundo lugar, por 195 votos, tendo acumulado um total de 1604.

Manuel Santos, empresário na área da construção, garante assim, mais uma vez, a presidência da Junta de Freguesia de Argoncilhe. Nas eleições autárquicas de 2017, Manuel Santos obteve 1880 votos.

No entanto, após essas eleições, O PSD representava uma porção minoritária da Assembleia de Freguesia. Eventualmente, a situação levou a que os membros eleitos dos partidos PS e CDS-PP renunciassem aos seus assentos e, como consequência, conduzissem à destituição da Assembleia.

Agora, nas eleições intercalares de 2019, ocorre algo muito similar. Os sociais democratas voltam a não garantir a maioria absoluta. As fontes da autarquia afirmam que seriam precisos apenas mais 20 votos.

Manuel Santos, o presidente reeleito da Junta de Freguesia de Argoncilhe, admite que a maioria absoluta seria muito mais vantajosa e asseguraria mais tranquilidade à gestão do PSD, mas mostra-se grato e feliz pela vitória.

O autarca manifestou a sua convicção quanto ao caminho que irá continuar a percorrer. Acredita que, daqui para a frente, a gestão da freguesia será mais fácil, uma vez que os restantes partidos têm o dever de respeitar a decisão democrática da população, que voltou a confiar no PSD.

O executivo aponta agora como prioridade prosseguir com os contratos que, desde fevereiro, não se podiam celebrar, dado que a administração de Argoncilhe se encontrava a cargo de uma comissão provisória.

A renovada gestão promete intervenções ao nível da melhoria das estradas, do alargamento das ruas e das medidas de limpeza pública.

O Bloco de Esquerda Exige Uma Fiscalização à Junta da Feira na Sequência de Um Acidente Grave com Um Funcionário

O-Bloco-de-Esquerda-Exige-Uma-Fiscalização-à-Junta-da-Feira-na-Sequência-de-Um-Acidente-Grave-com-Um-Funcionário

A coordenação distrital de Aveiro do Bloco de Esquerda afirma que pretende investigar mais a fundo o que realmente ocorreu com um funcionário da Junta de Freguesia de Santa Maria da Feira, uma União que engloba também as freguesias de Travanca, Sanfins e Espargo.

O trabalhador utilizava uma pistola de pressão e encontrava-se a realizar uma tarefa delegada pelo executivo da Junta. O funcionário acabou por sofrer um acidente de trabalho e foi internado em estado grave.

O Bloco de Esquerda considera que situações como esta devem ser alvo de uma intervenção imediata dos órgãos fiscalizadores. Pretende averiguar se a tarefa estava a ser concretizada de uma forma que cumprisse todas as medidas de segurança impostas pela lei.

O-Bloco-de-Esquerda-Exige-Uma-Fiscalização-à-Junta-da-Feira-na-Sequência-de-Um-Acidente-Grave-com-Um-Funcionário-maca

A questão central reside em saber se a entidade patronal assegurou ao funcionário as devidas condições de segurança, o treinou para o uso da pistola de pressão e lhe disponibilizou os equipamentos para proteção.

O Bloco de Esquerda requereu a intervenção de três diferentes organismos, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), a Direção Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP), e a Inspeção Geral de Finanças (IGF).

O-Bloco-de-Esquerda-Exige-Uma-Fiscalização-à-Junta-da-Feira-na-Sequência-de-Um-Acidente-Grave-com-Um-Funcionário-ambulância

O partido enfatiza que não tolera o incumprimento das leis e regras de saúde e segurança no trabalho, muito menos quando as situações de desrespeito pela legislação ocorrem no âmbito da atuação de um órgão público, como uma Junta de Freguesia.

Contactada por múltiplos meios de comunicação social, a Junta de Freguesia de Santa Maria da Feira e o seu presidente não acedem aos pedidos por mais informações acerca do sucedido.

O Projeto Artes em Itinerância Espalha a Oferta Cultural Pelas Freguesias de Santa Maria da Feira

O-Projeto-Artes-em-Itinerância-Espalha-a-Oferta-Cultural-Pelas-Freguesias-de-Santa-Maria-da-Feira

A primeira edição do projeto Artes em Itinerância foi um sucesso impressionante. Por isso mesmo, ditou-se que a iniciativa regressasse em 2019. O principal objetivo do programa é descentralizar a oferta cultural em Santa Maria da Feira e levá-la ao maior número de freguesias e habitantes possível.

Para esta edição, foi programado um vasto leque de ações em 17 freguesias do concelho. A variedade ao nível da programação artística continua a ser um dos pontos fulcrais do projeto Artes em Itinerância.

Durante o verão e parte do outono, mais especificamente de julho a outubro, os residentes do município, assim como os visitantes, poderão participar em diversas atividades.

Entre elas incluem-se sessões de cinema e música ao ar livre, artes e animação de rua, trilhos culturais nas Caldas de São Jorge e Pigeiros, e até mesmo um ciclo de concertos de órgãos de tubos.

Através da dinamização possibilitada por este projeto sazonal, estabelecem-se ligações fortes, importantes e de interesse entre a cultura que fervilha no concelho, o seu território e os seus munícipes.

A ideia de base é a necessidade de não permitir que a cultura viva exclusivamente nos centros das cidades, mas pelo contrário, de deixar os artistas e os espetáculos espalharem-se e chegarem bem próximo das populações, revitalizando as suas rotinas habituais.

O projeto Artes em Itinerância também se foca em promover o património das freguesias de Santa Maria da Feira, principalmente os seus pontos de relevo turístico, histórico, religioso e cultural.

Ao todo, são 22 atividades a não perder. E a cereja no topo do bolo é que todas elas são totalmente gratuitas. O pontapé de abertura da edição de 2019 do Artes em Itinerância foi dado pelos Shared Files, que encantaram num concerto em Lourosa a 6 de julho.

O programa completo para os quatro meses está disponível no site oficial da Câmara da Feira, www.cm-feira.pt.

A Junta de Freguesia, os CTT e a Unidade de Saúde de São João de Ver Foram Assaltados Durante a Madrugada

A-Junta-de-Freguesia,-os-CTT-e-a-Unidade-de-Saúde-de-São-João-de-Ver-Foram-Assaltados-Durante-a-Madrugada

Na noite de 2 para 3 de julho, três estabelecimentos de importância pública foram assaltados na freguesia de São João de Ver, em Santa Maria da Feira. A Junta de Freguesia, o balcão dos correios e a Unidade de Saúde foram os alvos dos crimes.

Segundo informações do comando distrital de Aveiro da Guarda Nacional Republicana, a Junta de Freguesia e os CTT localizam-se no mesmo edifício, o qual está situado a menos de 300 metros da Unidade de Saúde. Por isso, aponta-se para a probabilidade de que os furtos tenham sido da autoria dos mesmos criminosos.

A-Junta-de-Freguesia,-os-CTT-e-a-Unidade-de-Saúde-de-São-João-de-Ver-Foram-Assaltados-Durante-a-Madrugada-assaltante

Os assaltos ocorreram durante a madrugada, mas foram detetados apenas nas primeiras horas da manhã de 3 de julho. Os funcionários das três diferentes instituições compareceram para o seu dia de trabalho e verificaram que as portas se encontravam arrombadas.

A mesma fonte do comando distrital da GNR declarou que, na Junta de Freguesia, assim como no balcão dos CTT que partilha o mesmo edifício, ainda está a ser feito o rol dos bens apropriados.

Adiantou, no entanto, que, da Unidade de Saúde, os assaltantes levaram um cofre com mais de mil euros, um televisor e uma máquina fotográfica. Os bens desaparecidos da Unidade continuarão a ser apurados, podendo a lista aumentar.

A-Junta-de-Freguesia,-os-CTT-e-a-Unidade-de-Saúde-de-São-João-de-Ver-Foram-Assaltados-Durante-a-Madrugada-caixa-de-segurança

As identidades dos autores dos furtos permanecem desconhecidas e as perícias no local, com recurso à ajuda da Polícia Judiciária, prosseguem.

A Junta de Freguesia de São João de Ver e a direção nacional dos CTT recusam comentar o sucedido e remetem todos os pedidos de informação para as autoridades responsáveis pela investigação.

Ex-Jogador do Feirense é Afastado da Seleção Egípcia Pelas Mesmas Razões que Levaram o Clube da Feira a Despedi-lo

Ex-Jogador-do-Feirense-é-Afastado-da-Seleção-Egípcia-Pelas-Mesmas-Razões-que-Levaram-o-Clube-da-Feira-a-Despedi-lo

Em 2017, o futebolista egípcio Amr Warda esteve apenas três dias ao serviço do Feirense. O jogador assediou as esposas de dois colegas de equipa e foi dispensado. Agora, também a seleção do seu país de origem o afasta dos relvados, precisamente devido às mesmas acusações.

Foi na quarta-feira, dia 26 de junho, que a seleção de futebol do Egito anunciou a saída do médio Amr Warda, de 25 anos, da equipa nacional. A formação encontra-se a competir no Campeonato Africano das Nações (CAN). Na base da expulsão estão acusações de assédio sexual partilhadas na Internet.

Curiosamente, esta não é a primeira vez que uma situação do mesmo tipo se levanta em torno do comportamento do atleta. Há quase dois anos, em agosto de 2017, Amr Warda, na altura com 23 anos, foi emprestado pelo clube grego do PAOK Salónica ao Feirense.

O jogador foi apresentado no dia 8 de agosto e no dia 11, estava de saída. Logo após o seu primeiro treino, Warda assediou as esposas de dois companheiros do plantel. A SAD do clube da Feira avançou prontamente com um processo disciplinar.

À época, o jovem futebolista negou as acusações, assumiu-se como um homem respeitoso e imputou ao clube de Santa Maria da Feira uma intenção maldosa, infundamentada e interesseira ao despedi-lo.

A verdade é que recentemente, diversas mulheres não se inibiram de acusar Warda publicamente, na esfera online, de assédio sexual. Como prova, partilharam mensagens que o médio lhes enviou.

A modelo MerhanKeller foi a primeira a denunciar Warda. O conteúdo da mensagem do atleta à modelo aponta para a sua recusa em aceitar que uma mulher rejeite os seus avanços de caráter sexual.

Em comunicado oficial, a Federação Egípcia de Futebol deixa claro que não tolera a continuação de Amr Warda ao serviço da seleção.

O Feirense Apresentou o Livro que Conta a História dos 100 Anos do Clube

O-Feirense-Apresentou-o-Livro-que-Conta-a-História-dos-100-Anos-do-Clube

Numa cerimónia que decorreu a 14 de junho e teve lugar no monumento ao centenário do clube, em Santa Maria da Feira, o Feirense apresentou o livro inédito que conta a sua rica história de 100 anos.

A obra tem o título “Os Primeiros 100 Anos do Clube Desportivo Feirense” e relata a evolução ao longo do tempo, desde a sua origem até aos dias de hoje, do clube como um todo, e de todas as suas modalidades em particular.

O-Feirense-Apresentou-o-Livro-que-Conta-a-História-dos-100-Anos-do-Clube-futebol-do-sol

O livro reúne uma multitude de fotografias que ilustram todas as décadas do legado desportivo do Feirense, assim como vários depoimentos das figuras mais marcantes do sonho centenário.

Rodrigo Nunes, o presidente do Clube Desportivo Feirense, afirma que o ambicioso projeto para a publicação da obra foi levado a cabo com imensa paixão. Agradece ainda a contribuição vital dos quatro elementos principais que constituíram a equipa a cargo de concretizar a tarefa.

O livro é uma obra de profundo significado histórico, cultural e emocional. Nele são desvendados, pela primeira vez, episódios inéditos que tiveram lugar nos relvados e nos bastidores.

O-Feirense-Apresentou-o-Livro-que-Conta-a-História-dos-100-Anos-do-Clube-jogando-futebol

“Os Primeiros 100 Anos do Clube Desportivo Feirense” dá a oportunidade a todos os amantes do desporto e do clube de explorar a história do Feirense em detalhe. O resultado final são aproximadamente quatro centenas de páginas repletas de memórias, vivências, e sentimentos bem arraigados de amor, orgulho e glória.

Vítor Hugo Carmo é o coordenador editorial, Joaquim Fonseca, Luís Higino e Roberto Carlos Reis desempenharam as funções de investigação, e a composição gráfica ficou à responsabilidade de António Pedro.

A Autarquia da Feira e a Fundação Gulbenkian Iniciam o Projeto de Inclusão Lab InDança

A-Autarquia-da-Feira-e-a-Fundação-Gulbenkian-Iniciam-o-Projeto-de-Inclusão-Lab-InDança

A autarquia de Santa Maria da Feira e a Fundação Calouste Gulbenkian assinaram um protocolo para o financiamento do projeto de inclusão Lab InDança. O objetivo deste programa é, ao longo de três anos, ajudar as pessoas portadoras de deficiência a desenvolver as suas aptidões sociais e expressivas através da dança.

O projeto consiste num plano de aulas que decorrem no Imaginarius Centro de Criação, totalizando entre três a sete horas por semana. A coreógrafa Clara Andermatt é a diretora artística.

Dos 74.400 euros de custo global, a Fundação Calouste Gulbenkian comparticipao projeto Lab InDança em aproximadamente 23 mil. Os beneficiados são cerca de três dezenas de utentes de diversas instituições sociais do concelho.

Emídio Sousa, o presidente da autarquia de Santa Maria da Feira afirma que a colaboração com a Gulbenkian apoia os cidadãos portadores de deficiência no desenvolvimento de capacidades úteis transversais a muitas áreas da sua vida, como, por exemplo, ao nível da aprendizagem e do relacionamento social.

Clara Andermatt coordena o projeto e conta com a participação da bailarina Susana Figueiredo, assim como de outros artistas convidados. A coreógrafa realça que o aspeto mais importante a ter conta é a qualidade do tempo que se passa com os alunos e a profundidade das experiências que lhes são transmitidas.

A inclusão através da dança permite aos envolvidos encontrar um equilíbrio entre a diversão e a disciplina, e expressar a sua individualidade. Propicia ainda que reforcem as competências ao nível da criatividade, dos relacionamentos interpessoais, da autonomia, das tomadas de decisão, do espaço e do som, e da consciência do próprio corpo.

Segundo Clara Andermatt, o trabalho que é realizado no contexto do programa Lab InDança, será refletido na maneira como as pessoas portadoras de deficiência lidam com elas mesmas nas dimensões física e mental, e também com os outros e com o mundo.

No Primeiro Treino de Preparação para a Nova Temporada, o Feirense Contou com os Oito Reforços do Plantel

No-Primeiro-Treino-de-Preparação-para-a-Nova-Temporada,-o-Feirense-Contou-com-os-Oito-Reforços-do-Plantel

Christian, Guilherme Ramos, Ícaro, João Victor, N’Sor, Ricardo, Ruca e Zé Ricardo já rolaram a bola ao serviço do Feirense, no primeiro treino de preparação para a temporada futebolística de 2019/2020.

Os oito novos reforços são provenientes de seis clubes diferentes: Paços de Ferreira, Mafra, Tondela, Académico de Viseu, Famalicão e Mirandela. Os atletas juntam-se ao grupo que se encontra sob a orientação do treinador Filipe Martins.

O treino inaugural da pré-época foi realizado à porta fechada, a 1 de julho. Os exercícios com bola foram o foco da sessão que decorreu pela manhã no Complexo Desportivo do Feirense.

No Primeiro Treino de Preparação para a Nova Temporada 1024x682 - No Primeiro Treino de Preparação para a Nova Temporada, o Feirense Contou com os Oito Reforços do Plantel

A transitar da temporada passada para a nova época incluem-se Babanco, Briseño, Bruno Brígido, Caio Seco, Cris, Cuca, Diga, Edson Farias, Flávio, João Tavares, Marco Soares, Steven, Sturgeon, Tiago Mesquita, Tiago Silva e Vítor Bruno.

No calendário do Feirense, a primeira partida de preparação está marcada para 6 de julho. A formação de Santa Maria da Feira joga em casa frente ao Berço SC, da Associação de Futebol de Braga.

Com início no dia seguinte, e a decorrer até 13 de julho, está agendado um estágio do Feirense em Fornos de Algodres. O estágio contempla mais dois confrontos preparatórios, o primeiro contra o Académico de Viseu e o segundo perante o Lusitano de Vildemoinhos. Os duelos terão lugar a 10 e 13 de julho, respetivamente.

Os restantes cinco jogos da pré-temporada, todos marcados para julho, colocarão o Feirense frente ao Moreirense, ao Famalicão, ao Águeda, ao Gondomar e ao FC Porto B.

No Primeiro Treino de Preparação para a Nova Temporada o Feirense Contou com os Oito Reforços do Plantel 1 1024x731 - No Primeiro Treino de Preparação para a Nova Temporada, o Feirense Contou com os Oito Reforços do Plantel